HomeInteressadoEmpreendedora e Franqueada contam suas experiências

Empreendedora e Franqueada contam suas experiências

Empreendedora e Franqueada contam suas experiências

Natália Göpfert é advogada, mas não estava feliz em sua profissão que exerceu apenas dois anos. Toda a sua família trabalha no comércio e ela tinha o sonho de ter sua própria sorveteria no Rio de Janeiro. “Nunca cogitei em ser uma franqueada, porque eu mesma quero ter o poder de decisão em questões como Marketing, desenvolvimento de produtos, gestão de equipe e outras”, explica.

Ela conta que não gosta de ter que seguir padrões e tomou bastante cuidado para abrir a Groelândia Gelados, no bairro carioca de Ipanema. “Me cerquei de pessoas que pudessem me dar a assessoria necessária e realizar um plano de negócios eficiente. Agora, meu sonho é ser franqueadora, mas quero me estruturar melhor para poder dar o suporte adequado a meus franqueados”, completa Natália.

Já Ana Lúcia Dornelas partiu para a compra de uma franquia sem pensar duas vezes. Largou o emprego como Jornalista e abriu a Prima Clean Lavanderia Express em Recife, onde mora. “Eu não tinha experiência nenhuma em gestão de uma lavanderia e achei menos arriscado abrir uma franquia onde teria um apoio maior e saberia o que dá certo e o que não dá”, explica.

Mesmo assim, Ana teve medo de se sentir engessada e não conseguir seguir padrões, mas o medo de fracassar sozinha foi maior. “Muitas coisas precisam ser seguidas de acordo com o que foi formatado pelo franqueador, mas entendi que a segurança que eu sentiria viria exatamente  dos padrões que são propostos”, conclui.

Compartilhar:
Sem comentários

Deixe seu comentário