HomeInteressadoQuais os riscos de investir com corretores de franquias?

Quais os riscos de investir com corretores de franquias?

Quais os riscos de investir com corretores de franquias?

Especialista fala sobre os riscos de investir no negócio através desse meio

Escrito por Marcus Rizzo, especialista em franquias e editado por Priscila Zuini. Originalmente publicado na Revista Exame.

 

Corretores ou consultores costumam ser contratados por redes para comercializam franquias. Assim como em outros tipos de corretagem, são pressionados pela comissão da venda (geralmente 50% a 80% da taxa de franquia) que é paga pelo franqueado quando o contrato é assinado. Esta pressão pode levar o vendedor a assumir compromissos com território, sucessão, suporte e operação que alteram o padrão do negócio e dificilmente serão mantidas pelo franqueador.

São vários os riscos de adquirir uma franquia através de corretores. Inicialmente, aparece o risco do próprio negócio. Se o franqueador precisa de intermediários para vender seu mais precioso bem (a franquia, mais até do que os produtos comercializados por ela), ele pode não estar preparado para entregar e manter aquilo que foi comercializado por terceiros.

Um franqueado recentemente me revelou que desistiu da compra da franquia através de corretores/consultores, pois a cada questionamento recebia um imediato “sim”. Quando colocava a mesma questão diretamente para o franqueador de outra marca a resposta era “não” seguida de uma explicação de que ao aceitar teria que alterar o padrão da rede.

Ele me confessou que decidiu pela franquia do “não”, já que lhe dava segurança. Estava lidando diretamente com quem entendia e conhecia do negócio e que iria conviver nos próximos dez anos de sua vida.

Franqueados sentem-se desestimulados com o franqueador quando descobrem que outros franqueados da rede possuem concessões especiais e individualizadas.

Compartilhar:
Sem comentários

Deixe seu comentário